Mais visitados

27.12.13

O caminho.





É curioso eu pensei,
mas uma verdade é que:

"Assim que eu me afastei daquelas pessoas perdidas,
sem rumo,

que eu tinha em minha vida,

eu encontrei meu caminho." 


Quem sabe agora eu posso ajudá-los a encontrar 
o caminho deles. 


13.12.13

Dando mole

E eu fiquei presa no :

"ele está sendo legal,

não está me dando mole."

No fim,

quem deu mole fui eu.

E não o percebi,
não o entendi.

Perdi. 

4.12.13

Felicidade e Quebra-Cabeça



A felicidade é como um quebra-cabeça. 

As peças estão escondidas por todos os caminhos

por quais você caminha durante a sua vida. 

Aos poucos você vai montando o tão esperado 

desenho  ...

Eu tô encontrando as peças do meu quebra-cabeça 

e montando na ansiedade de descobrir o que vem por aí.

A imagem que vai surgir.

Ei ! 

Eu posso ter perdido algumas peças pelo caminho. E aí ?

Mas é como dizem ... "Nossa felicidade nunca está completa."


















3.11.13

Vestido Florido.

Para minhas amigas,
poeminha de domingo:


"Olha só o que vocês fizeram comigo:

comprei um vestido florido." 






16.10.13

Colete à prova de balas


Coração à prova de palavras,

palavras que ferem,

atos que machucam.

Nesse mundo

marcado por guerra e paz

recomendo um acessório:

Use colete à prova de balas.




30.9.13

como é o toque das suas mãos?

eu queria saber qual a sua cor favorita,
qual o seu esporte predileto,
qual o seu estilo musical.

como é a sua mãe ?

eu fico imaginando ...
como é você quando está triste,
quando está falando sério ...

eu queria observar você dormindo,
tentar adivinhar seus sonhos,
prestar atenção na sua boca enquanto
você fala e não saber responder o que me pergunta ...

queria poder sentir a intensidade e a maciez dos seus abraços.

é coisa simples.
mas complexo de se resolver.

eu me contentaria em sentir o toque das tuas mãos.






24.8.13

Esfinge.


Esfinge, 

finge simpatia 

escondendo agonia.

O Sorriso da Monalisa. 

"Decifra-me ou te devoro."

Nunca apresentou ninguém em casa. 

...

Desavisados.

Devorados.




23.7.13

The clumsy carrier of hearts.




My heart is broken and I know ...  
it's all my fault.

I thought I was carrying it with so much care.  
but despite of being so much careful
I always end up dropping my heart on the floor. 

Now you know why I can't carry your heart in my heart.

14.7.13

e mais uma vez eu deixo ir ...

e mais uma vez te deixo ir ...

coleciono imagens de você de costas
mãos dadas com um outro alguém.

e mais uma vez te deixo ir ...

não por vontade,
mas por falta de coragem de te pedir pra ficar.
de te deixar ficar.

e mais uma vez te deixo ir ...

você que tentou escalar a muralha
do meu medo bobo.

e eu mais uma vez deixei ir ...
e peço perdão ao meu coração.


7.7.13

Tudo es mi culpa.

tudo es mi culpa
si no tengo amor.

tengo miedo de sofrer ! 

si tengo miedo de sofrer,
no merezco tener amor.

tudo es mi culpa 
si no tengo amor.

solo siento. 

por me.




5.7.13

Once upon a time.

Once upon a time.



once upon a time 
there was a love history
that started with silence and smiles.

"it's all in your head,
it's all in your head,
it's all in your head"

my heart whispered those words. 

the end.

it was all in my head.


26.6.13

O guarda-chuva colorido e a mãe.




um dia eu estava chorando
e minha mãe me perguntou 
o que eu tinha,

eu lhe disse que não estava bem,
que minha vida não estava legal
e que nada dava certo ...

no outro dia,
minha irmã me entrega um guarda-chuva
colorido.

foi um pedido da minha mãe,
que disse para comprar 
um guarda-chuva bem colorido
para alegrar a minha vida.

eu ri. e chorei.
e entendi na hora o que ela quis dizer.
minha mãe, mesmo, eu acho que não.

Cores e Guarda-chuva,
Carinho e Proteção.

Amor de mãe contra as agruras da vida.

20.6.13

Minguada.



em meio a tanta revolução,
tantos gritos,
energia em erupção...

eu não estou aqui.
eu não estou aí.
eu não estou comigo.

Mas estou com você.

enquanto o mundo busca
o seu lugar ao Sol...

eu tô Minguada,
tô de Lua.

13.6.13

Maldição do olhar.

você me lançou uma maldição
quando me olhou.
seu sorriso me aprisionou.

agora, eu paraliso quando te vejo.
ao contrário do meu coração, que
bate em disparada
como em modo
fuga.

ataque !

fugir? ficar ?

Mente covarde,
Coração selvagem.

8.6.13

Letter from the Inexperienced human beings.

sorry,

about their inexperience,
their lack of ability
about being a human being.

in this planet full of expertise,
and ways to go through life.
you have to be tough.

They have to have the balls.

But, anyways,
they have to get the guts.

3.6.13

Depósito de Fé.

depositavam nela tanta fé,
que se sentia pesada.

mal conseguia sair do lugar,
frustrando seus fiéis.

tudo o que ela mais 
queria 
era a fé
que todos tinham. 

25.5.13

"Two Shy !"

(11.06.2012)

If you were brave,
you could ask me out
to see the sunset
and the stars come out. 

but you are not, neither I am.

you are so shy !
as shy as I.

How can we do that ?
How can we get there ?

Two Shy.

Too Shy !

Make a move boy,
move I,
say something, 
cause now
it's yours the first sign.

I'll try to help you,
but do anything,
and please,
please,

don't lose ... we.

20.5.13

Epitáfio.




O primeiro cabelo branco
arrancou-o,
se desesperou
e imaginou
a sua lápide
com a frase :

"já, aqui jaz, alguém que mal viveu."





12.5.13

Amor de Poeta.




Amor de poeta.

Será uma boa pedida?
Alguns dizem que esse tipo
possui várias musas:
Uma para cada dia,
Uma para cada rima.

Mas eu acredito que 
para cada  musa,
para cada rima,
entrega-se de corpo e alma.

e sofre até perder a calma. 

a pedida para os
poetas
é amar sem medidas.






10.5.13

Minha poesia é do jeito que ela é !



rima rica,
rima pobre.

versos brancos,
versos livres.

Minha poesia 
é apenas expressão 
da minha liberdade de 
sentir 
a música que a minha 
alma canta quando está triste
ou quando está feliz.

não tem cor, não tem credo,
não sei se é rica, nem se é pobre.

ela apenas é como acha que tem que ser. 

1.5.13

Estúpida !


eu, tão esperta para tantas coisas
fui tão estúpida por não perceber
os sinais que me enviou
por olhares, 
sorrisos,
motivos ... 

pois eu achei que não era 
para mim que olhava 
que não era para mim que sorria
não era por mim que agia.

(estúpida)

era para qualquer outra,
outra qualquer, 
que não estava nem lá
enquanto estávamos a sós.

te neguei entrada 
sem nem mesmo 
perceber que você 
batia na porta.

cega, 
surda,
estúpida!



21.4.13

Legítima Defesa

Matou o amor !

Em depoimento alegou:

"Foi legítima defesa !"

Matou antes que a matasse.

Foi condenada.

Prisão perpétua para o coração.

Na mais alta torre da desilusão.


5.4.13

Provocação Santa.




Posso parecer Santa,
até porque 
adoro um altar.

Mas,
também sou mulher.

E sei virar 
o Diabo,
quando for para provocar.



25.3.13

Boiando !





na superfície !

tô assim,
em alto mar.
nadando com tubarões,
sem me assustar.

pois peixe pequeno não assusta
e assim vou vivendo.
aprendendo a nadar,
aprendendo a boiar.

nas profundezas,
onde me sinto segura
não dá pra ficar.

tá todo mundo boiando !

pras coisas,
pro mundo ...
superfície é o lugar.

à deriva
às loucas

cuidado!

nadar nas profundezas,
em dias como esses,
é perigoso
você pode se afogar.


15.3.13

Coração pela Boca.

"Dia desses você me olhou com tanta força
que arrancou meu coração pela boca."


1.3.13

Em vez de "Olá !" ...





um dia desses no corredor,
em vez de "Bom dia",
"Oi",
"Olá!" ...

que tal se você me beijar ?

:)


Energia de Terrorista.






Vou tentar ser bacana. 

Mas tô numa energia, 
que mesmo seria

 ficar escondida num buraco 
igual terrorista.

20.2.13

Verso Enjoado.




o que eu escrevo,

as vezes,

algumas,

me enjoa.

é muito amor.

é muito doce.

e em uma folha fria de papel.

vomito o que eu sinto,

e vomito depois pelo que eu sinto,

(ou que acredito sentir)


então limpo o canto da boca,

do coração 

e finjo que nada aconteceu. 

sinto e regurgito.


17.2.13

Adeus ao meu Rabugento.




Depois de 15 anos ...

eu não sabia que ia doer tanto
dizer adeus as suas pulgas, latidos 
e ao seu mau-humor.

eu não sabia que quando a velhice 
chegasse, você poderia sofrer
até mais do que eu.

eu não sabia que não era forte o
suficiente para aceitar que a 
morte era o melhor remédio
para o seu sofrimento.

achei que ia entender tudo 
com facilidade, que ia segurar
a barra com segurança.

mas eu titubiei, cheguei a desconfiar 
do que era realmente certo.

mas agora eu sei que mesmo
em meio a dor e as lágrimas 
o morrer pode ser o caminho da salvação,
e que vem para o bem.

Te amo meu rabugento.

1.2.13

No provador.



no provador a mulher:

se troca
se provoca
se aprova

na maioria das vezes 
reprova o que vê
e pede do amor uma prova:

"o que achou ?"

Cuidado meu caro,
escolha bem a resposta,

isso é uma troça !

19.1.13

Deserto.

.

Coração ...
Deserto imenso 
sem direção
só chão

Castigo, 
sede,
fome,
frio.

Solidão.

Nômades são
os que passam por lá
Não param.
Meros passageiros.

Coração,
enfim um Óasis ! 

Olhos cheios d'água,
a visão do ser amado ...
uma miragem. 

11.1.13

Mudar. Dançar. Mudanças.



Na dança das minhas andanças
passei por muitas mudanças.

Hoje sou diferente
mas ainda igual àquela
que mudou.



P.S: Meu All Star, meu amor, onde você está ?


4.1.13

Cansada.







cansada

tirou fôlego do nada

e correu 

pra longe 

de tudo e 

de todos 

que a perseguiam. 

mas mal sabia

ela 

que tudo e

todos 

estão em todo o

lugar !

Ela vai cansar...

1.1.13

Corre !

eu não quero explodir
antes de dividir contigo
o sentimento que carrego comigo
e que não é justo carregar sozinha
nessa vida severina e sobrecarregar
o coração que já está arfando de cansaço
e ansiedade por esperar esse alguém
que não sei onde está
para ajudar a sentir tudo
porque ele só
( o meu coração )
já não consegue suportar.

Corre !

Blog Archive